Terceira etapa do Superbike Brasil será disputada em Interlagos no dia 25 de junho

As motos mais velozes do país voltam ao autódromo de Interlagos nos dias 24 e 25 de junho, quando será disputada a terceira etapa do Superbike Brasil. Eric Granado, da Honda Racing, é o líder da categoria principal (Superbike Pro), com 52 pontos. Seu companheiro de equipe Diego Faustino divide a segunda colocação com Alex Barros, ambos com 36. José Luiz Cachorrão, também da Honda, é o quinto, com 22. Eles pilotam motos Honda CBR 1000RR Fireblade.

Galeria de imagens

As duas primeiras corridas da temporada 2017 foram marcadas por grandes ‘pegas’ na pista e arquibancadas lotadas. A expectativa é que as duas situações se repitam no terceiro. Os ingressos e custam R$ 40.

Estreante na categoria principal (Superbike Pro), Eric Granado adaptou-se rapidamente à Honda CBR 1000RR Fireblade. Venceu as duas corridas iniciais, lidera a competição e ainda bateu o recorde de Interlagos, ao percorrer a pista em 1min36s079. Ele ainda quer mais. “Fiz as duas primeiras etapas com uma ótima consistência. Consegui evoluir bastante, mas sempre quero melhorar e meu objetivo é seguir nessa linha de trabalho em busca mais uma vitória. Cada corrida é diferente, meus companheiros de equipe e os demais adversários evoluem e, tenho certeza, que não será fácil”, afirmou.

Campeão das temporadas 2015 e 2016, Diego Faustino promete reação a partir desta etapa. “Minha evolução está sendo constante. A cada corrida estou tentando buscar o melhor. Meus adversários estão muito bem e isso me motiva a treinar cada vez mais”, disse o piloto.

José Luiz Cachorrão, piloto e chefe de equipe da Honda Racing, também está pronto para acelerar. “Estou treinando muito, me preparando cada vez melhor que é para poder acompanhar o ritmo do Eric e do Diego. Tenho certeza que será mais um grande espetáculo.”

Outras categorias
Na Copa Honda CBR 500R, o líder é Leonardo Tamburro. Atual campeão da categoria, ele venceu as duas primeiras etapas e soma 52 pontos. O segundo colocado é Arthur Costa, com 40. Rafael Paixão, em terceiro, tem 32.

 

Na Honda Junior Cup, categoria escola que tem por objetivo formar a nova geração do motociclismo, a disputa está acirrada. Léo Manella lidera com 42 pontos, Mário Salles é o segundo (40) e João Vitor Carneiro está em terceiro, com 37. Os pilotos, que tem idades entre 8 e 16 anos, utilizam motos Honda CG 160cc.


FONTE: VIPCOMM