Romain Fébvre: Eu me sinto muito melhor!

Sétimo na classificação provisória da MXGP, Romain Fèbvre obviamente, não tem experimentado o início da temporada que ele esperava. Após 4 GP “no exterior”, o campeonato entra na Europa em Arco di Trento neste fim de semana e o campeão mundial de 2015 espera aproveitar a oportunidade para colocar na frente do palco.

Depois do inicio de 4 GP no exterior, ele se sente bem para voltar para a Europa, que ele diz. “No GP distante como aqueles, nem sempre é fácil ter todas as peças que você quer, a logística é complicada de gerenciar. Além disso, as diferenças de tempo impediram-me de estar no topo do meu ritmo.”

Das oito corridas disputadas até agora, a Yamaha oficial subio no pódium apenas uma vez (segunda etapa no Qatar). Falta de sorte para um dos pilotos mais rápidos, em alguns circuitos que não combinava com ele, bem como temporadas anteriores. “Além do circuito do GP da Argentina, que foi bem preparado, os demais circuitos eram claramente menos agradável para competir que nos anos anteriores. Eu me senti menos confortável”, diz ele. “Isso fez um início de temporada difícil.”

O ex-campeão mundial está sempre em busca das configurações corretas em sua Yamaha 450 de fábrica. “Nós fizemos um monte de alterações na moto durante essas duas semanas. Espero ter finalmente encontrado o ‘problema’ que me impede de andar no meu melhor nível desde o início da temporada”, ele confirma. “Eu me sinto muito melhor agora. Não mais confiante, porque eu sempre fui. Mas o treino é uma coisa, corrida é outra. A pilotagem é sempre mais agressiva na corrida e não necessariamente como gostaríamos. Na verdade, depende de muitos fatores, como os adversários que estão na frente, o comportamento da moto… etc “


FONTE: MXM