KTM 1290 Super Adventure R – No topo da “Pirâmide”

A KTM afirma que mais nenhuma moto de aventura pode competir com a sua 1290 Super Adventure R.

As especificações do seu motor contribuem definitivamente para essa afirmação. A Super Adventure R utiliza o mesmo motor da Super Duke com pistões maiores e mas mais leves que os da sua antecessora 1190.

2017-KTM-1290-Adventure-R

O motor da Super Adventure R utiliza o mesmo virabrequim da 1290, com mais massa de volante, para um desempenho mais gradual, mais controlável, para mais torque e potência mais dócil a alta rotação.

2017-ktm-1290-super-adventure-r-model-comparison-2016-models

A diferença é que, por razões de emissões, a KTM alterou as cabeças dos cilindros com a mesma câmara de ressonância que o 2017 Super Duke R, o que ajuda a melhorar a suavidade e a eficiência no consumo de combustível. A potência de saída é de 160 hp às 8.750 rpm – a mesma que a da 1290 Super Adventure.

ktm-1290-super-adventure-engine

A geometria permanece a mesma de todos os restantes modelos de aventura da KTM, com pequenas variações em distância entre eixos, sobretudo nas versões mais orientadas para estrada.

KTM-1290-SUPER-ADVENTURE-R-MY2017_04

A KTM também aumentou a tensão  de molas em relação à 1190 e equipou a moto com um Sistema de Suspensão Progressivo (PDS) construído pela WP, que tem a função de intervir como se os dois amortecedores fossem apenas um mas sem ligação. Essa realidade é importante porque uma suspensão PDS, sem ligação ( o mesmo que a KTM usa para seus modelos de enduro e não nas motos de motocross ) é uma opção que diminui a manutenção e que elimina rolamentos e articulações que exigem muita lubrificação. Também permite aumentar a distância ao solo, o que pode trazer benefícios em determinadas situações.

KTM-1290-Super-Adventure-R-2017-Specs-2

A Super Adventure vem com suspensões ajustáveis manualmente, mais fáceis de afinar em função do tipo de terreno que irá fazer.

A Super Adventure R inclui 4 modos de condução , incluindo um modo offroad de 100 hp, controle de tração sensível ao ângulo de inclinação, ABS em curva, cruise control e transponder com chave RACE ON da KTM.

O Cruise Control e um sistema de controle de pressão dos pneus são standard, embora se tenha que fazer o upgrade para o o Travel Pack opcional da KTM, para ter acesso ao Sistema de Controle de Suspensão em subidas, ao sistema KTM My Ride, ao Quickshifter +  e ao sistema de regulação de deslize de motor da KTM. Este sistema é um controle de tração simples que regula a abertura das borboletas do acelerador à medida do necessário para evitar o derrapar da roda.

ktm-1290-super-adventure-r-2017-publimotos04

A estética está alinhada com os restantes modelos para 2017 da KTM, a Super Adventure R conta com um farol LED do qual a KTM está extremamente orgulhosa. Os piscas são o padrão na marca, assim como  os interruptores que são iluminados, e o painel 6,5 “ TFT tem revestimento especial para evitar reflexos. Tem ainda um pequeno compartimento para guardar o telefone celular atrás do farol e o vidro pode ser ajustado apenas com uma mão.

2017_KTM-1290-SUPER-ADVENTURE-R4

Sem dúvida uma moto que o levará a qualquer parte que estabeleça como objectivo e sempre disposta a superar desafios. Uma moto perfeita para rodar suavemente ou no limite, a fundo, tirando partido dos seus 160 cv em Off Road e com uma enorme facilidade.

2017-KTM-1290-Super-Adventure-R4

Em resumo

Uma excelente Adventure Tour com enormes atributos Off Road.

Roda de 18” a trás e 21” à frente

Com suspensão WP totalmente ajustável

Freios Brembo e ABS em curva com modo off-road

Controle de Tração sensível àinclinação com modos off-road

Painel TFT multifunção de 6,5” com tratamento anti reflexo

Potência de 160 cv

2017-KTM-1290-Super-Adventure-R1

FONTE: MOTOSPORT